Há "Um" Paço da Liberdade.

Depois de quase dez anos sem voltar ao lugar que deu origem à minha paixão pela preservação do nosso patrimônio histórico e arquitetônico de Manaus, realizei  uma breve visita ao Paço da Liberdade, que esteve fechado por uns vinte anos. Ainda se tem muito o que contar e descobrir sobre os aspectos deste enigmático prédio neoclássico.

Pouco se fala sobre ele, sobre sua história e contexto político, onde diversas ações já foram realizadas para reabilitar um dos primordiais monumentos arquitetônicos do Centro Histórico, sim, é um monumento que exalta toda uma imponência e singularidade em pleno berçário do sítio valioso e cheio de mistério.

Não vou revelar sua história neste momento, pois sei algumas coisas sobre sua evolução e processo de ocupação em um terreno minado de fatos milenares que até então não são valorizados, e não são reconhecidos pela falta de cultura que nossa sociedade vive.

Foto. ©KeyceJhones 2002.
Este Palácio (Paço) foi guido em 1874 para ser sede do Governo Provincial, mas seis anos depois, com a Proclamação da República ele  passou a sediar a administração do Governo Republicano e foi ai que começou as grandes transformações na cidade, inclusive a construção de outra edificações no terreno do Palácio, principalmente para abrigar o governante. Com ele o antigo largo à sua frente foi transformado em jardins do Palácio da República, repleto de elementos que configuravam a nobreza da época, entre eles a construção do antigo muro e gradil que cercava o jardim, e a implantação do "Chafariz das Musas" (no qual intitulei este nome devido aos principais elementos de composição da fonte).

Citei a Praça Dom Pedro II, por ela ter sido parte, ou anexo do Palácio, pois era fechada para o público em geral na época, e só podia ser acessada com autorização, mas a frequência maior era dos representantes republicanos e do governador.

O prédio vive sob a administração municipal, da ManausCult, onde gerencia as obras que fazem parte de um conjunto de ações do programa Monumenta, o projeto Centro Antigo, que surgiu de uma necessidade de revitalizar uma imensa área do Centro Histórico da cidade de Manaus, através de um concurso realizado em 1994, onde uma equipe de arquitetos venceu com uma proposta ousada e que teria como objetivo reabilitar diversos bens imóveis de grande valor cultural para a cidade, entre eles o Antigo Hospital Militar da Ilha de São Vicente (hoje abriga o Comando da Marinha), O Mercado Municipal Adolpho Lisboa (irei tratar em outra postagem), algumas praças e logradouros públicos, incentivo ao comércio em diversos imóveis de interesse para preservação e o majestoso Paço da Liberdade.

Foto. ©KeyceJhones2012
Foto. ©KeyceJhones2012
Neste contexto quero representar através de algumas fotografias que tirei, sobre a intervenção que o Paço da Liberdade está sofrendo para poder abrigar o "MuMa - Museu de Manaus" - ainda não sei se ficará mesmo com este nome, mas é o nome adotado para o projeto de reabilitação.

As fotografias a seguir demonstram de forma singela e obscura, todas as descobertas e transformações que o prédio sofreu para que a sociedade conheça aos poucos o que será essa dinâmica referente ao novo uso deste esplendido Palácio.

Escadaria nova para o "Torreão" (local da antiga casa do governador).
Foto. ©KeyceJhones2012
Um dos salões aberto ao pátio externo, forma uma galeria de belos elementos.
Foto. ©KeyceJhones2012
Forro em tabuado macho e fêmea, com apliques de ornatos em papel machê.
A principal matéria para confecção do ornato era feito a partir de jornais alemãs,
moldados em formas para replicar no imenso forro decorado com motivos florais, cartelas e aves.

Foto. ©KeyceJhones2012
Ladrilho hidráulico que fará parte de uma das composições ambientadas do Paço.
Foto. ©KeyceJhones2012
Grandes vãos hoje se abrem para respeirar.
Foto. ©KeyceJhones2012
A simetria hoje decora boa parte de todos os ambientes, onde estiveram durantes décadas escondidas sob camadas de uma passado marcado por diversos tipos de interesse.
Foto. ©KeyceJhones2012
Sob o imenso Palácio vestígios de ocupações de antigas civilizações foram encontradas.
Foto. ©KeyceJhones2012
Foto. ©KeyceJhones2012
Por entre as portas avistamos novos elementos e o palácio revive.
Foto. ©KeyceJhones2012
Encontro sobre o conto de cada canto que esconde essa história.
Foto. ©KeyceJhones2012
Mirante do "Torreão", uma vista de quase 360º da cidade, e principal vista para o imenso mar amazônico.
Foto. ©KeyceJhones2012



Coberturas que carregam o peso da história ainda não revelada.
Foto. ©KeyceJhones2012
O imperialismo do neoclássico sustentado sobre colunas e pilastras do estilo toscano.
Foto. ©KeyceJhones2012


Quina angular quase espelha ou reflete o seu passado cheio de mistérios.
Foto. ©KeyceJhones2012
Pátio externo que marca diversas intervenções ao longo dos anos.
Foto. ©KeyceJhones2012
Os desenhos a seguir foram os primeiros a serem desenvolvidos, a partir de um levantamento arquitetônico para o qual eu fui contratado em 1999, como estagiário da Manaustur, o prédio até então não tinha sido desenhado com todos os detalhes que o compõe, e passando a ser revisado constantemente após a entrega, até chegar ao produto final que é o projeto de reabilitação para o museu.

Seria fundamental se em algum arquivo público nacional ou estrangeiro, pudesse conseguir a planta original deste Palácio, até para começarmos a desvendar toda sua evolução arquitetônica e ocupação no espaço em que está inserido.

Levantamento Arquitetônico - Paço da Liberdade.
Desenho. ©KeyceJhones | 2000

Nesta postagem, eu não quis revelar muito sobre o contexto histórico do Paço da Liberdade, até por que há muitas informações soltas que precisam ser costuradas a fundo e formar um melhor processo de ocupação político-social deste prédio.

Caso tenham alguma contribuição a fazer, podem entrar em contato para que eu possa publicar em uma outras postagens sobre o tema do Paço da Liberdade.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Comentar com o Blogger
    Comentar com o Facebook

2 comentários:

  1. Keyce, Boa Tarde! Tive a satisfação de visitar o novo Paço da Liberdade com nossa amiga Livia Mendes, e fiquei muito surpreso com o resultado alcançado com a reforma do prédio, que ficou muito bonito e será entregue à população hoje. Soba nova administração da Prefeitura e pela sinalização positiva do futuro Prefeito Arthur Neto de despachar no Palácio Rio Branco, antiga sede da ALE-Am, tenho a certeza que a revitalização do Centro Histórico ganha novas perspectivas. Grande Abraço, Miguel Biango.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Miguel,

      Um prazer ter sua manifestação sobre a revitalização da área e principalmente sobre a possibilidade de ocupar a área também com uma sede administrativa da prefeitura, isso é importante para o processo de requalificação e gerenciamento de todo o Centro.

      Seria importante o Paço voltar a ter uma função administrativa, pois o torna mais ativo e dinâmico.

      Excluir