Mudar as cidades através do Design

Um convite aos arquitetos, urbanistas, planejadores urbanos, engenheiros de tráfego, ciclistas, pedestres, patinadores e skatistas. O consultor de mobilidade Urbana Mikael Colville-Andersen apresenta o conceito da "Cultura da Bicicleta através do Design".

Imaginar as cidades do século XXI é deixar para trás a engenharia de tráfego, nascida no começo do século XX e que não foi capaz até hoje de equacionar uma solução para a mobilidade urbana. Mikael propõe deixar de lado a engenharia e substitui-la pelo design. No lugar da fluidez, os usos das ruas, ao invés de maior velocidade nas vias, mais qualidade de vida no espaço urbano.


A Cultura da Bicicleta através do Design - No seu trabalho com a Copenhagenize Consulting, Mikael Colville-Andersen descobriu que "Mobilidade Urbana" não é uma linguagem tão universal quanto pode parecer. Existem diversos agentes envolvidos no trabalho de criar cidades mais habitáveis, e no resgate da bicicleta como meio de transporte.


Nesta palestra, Mikael oferece uma abordagem linguística universal, usando o Design como o denominador comum de tudo, desde o ativismo até a engenharia de trânsito. Será que o processo, de projetar infraestrutura para bicicletas, não deveria ser tão simples quanto projetar uma torradeira ou uma escovas de dentes? Utilizar princípios básicos do Design no planejamento e engenharia fazem com que seja mais fácil entender a infraestrutura e a cultura da bicicleta, além de prover uma rota mais direta para a sua implementação.

Mikael destaca a história do planejamento urbano e da engenharia de transito, e aponta para o momento onde tudo começou à dar errado. Quando, depois de 7000 anos de cidades com ruas dedicadas às pessoas, tudo foi virado de ponta cabeça, e os carros dominaram as ruas, às custas da habitabilidade das cidades. Ele fala sobre como o bio mimetismo pode ser útil no processo de re-engenharia

das nossas cidades, e como a bicicleta é a mais eficaz ferramenta de que dispomos para atingir o objetivo de cidades habitáveis.

A primeira impressão de Mikael Colville-Andersen sobre o Rio de Janeiro foi certamente impactante. O desenho das montanhas e uma cidade que tem um aeroporto conectado diretamente à uma ciclovia.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário