Banco Mundial incentiva uso de bicicletas como meio de transporte na América Latina.

A América Latina já tem 12 cidades que contam com uma rede de mais de 12 mil bicicletas públicas, ajudando a incrementar seu uso, disse a especialista em transporte do Banco Mundial, Verónica Raffo.


As bicicletas estão cada vez mais adaptadas à realidade dos latino-americanos, diante das horas intermináveis desperdiçadas no trânsito, do transporte público muitas vezes deficiente e em meio à busca por uma vida mais saudável. Cerca de 450 milhões de pessoas vivem nas cidades da América Latina, e a maioria delas enfrenta diariamente os engarrafamentos e a poluição atmosférica decorrentes da motorização crescente: 70% das emissões de CO2 das grandes cidades provém de carros e motos.

O uso da bicicleta alivia os problemas das cidades da segunda região mais urbanizada do mundo.“As melhorias em mobilidade também propiciam melhorias da qualidade de vida e promovem cidades mais inclusivas”, explica a especialista em transporte do Banco Mundial, Verónica Raffo.

A América Latina já conta com 12 cidades que, juntas, oferecem uma rede de mais de 12 mil bicicletas públicas, ajudando a incrementar seu uso. Cidades argentinas, como Rosário e Córdoba, contaram com o apoio direto do projeto de transporte sustentável e qualidade do ar do Banco Mundial. Entretanto, enquanto cidades como Bogotá e Rio de Janeiro contam com o recorde de quilômetros de ciclovias, não existem redes institucionalizadas na maioria dos países da América Central.

Com o sistema Bike no Rio, mais de 5,6 milhões de deslocamentos já foram feitos em bicicleta, segundo dados da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, o que significa uma economia de mais de 2.000 toneladas de CO2. Em São Paulo foi inaugurado no último domingo (28) a ciclovia da avenida Paulista, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a administração municipal atual inaugurou 233,9 km de ciclovias desde junho de 2014 – a meta é alcançar 400 km até o final da gestão.

Fonte: Nações Unidas no Brasil.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário