Acadêmicos e professores da UFAM promovem ato contra a morte de diversas árvores no ICHL.

Imagem da Samaúma cortada na entrada do ICHL, foto Otoni Mesquita.

Considerado um dos maiores fragmentos florestais preservados da zona urbana de Manaus, a APA UFAM é uma área protegida por lei, isso inclui a não derrubada de árvores que não estejam colocando em risco a vida de outras pessoas, mas não foi o que aconteceu depois da volta às aulas no campus do ICHL da UFAM.


Centenas de alunos e docentes se depararam com diversas árvores cortadas em uma das áreas que precisa de mais sombreamento, a entrada do ICHL. 

O universitário de geologia, Renan Barbosa, postou em sua rede social, uma foto que tirou há alguns meses, onde admirava a exuberância de uma das árvores do ICHL.


"A pouco tempo atrás, fiquei encantado com tanta beleza daqui de baixo! Acabei registrando o momento! Vai deixar saudades a beleza de teus galhos e a confortável sombra que me proporcionava!", disse Renan.

 A ação está prevista para acontecer no dia 19 de outubro, na entrada no campus do ICHL, na UFAM. Para marcar presença no evento acesse >> "Não Cortem as árvores do campus!!!

Estudantes de artes fizeram intervenções em várias árvores mortas, pintando de vermelho para simbolizar o sangramento das árvores.

Foto Otoni Mesquita.

O cenário é de muita tristeza, diante do quadro crítico do clima na região da cidade de Manaus, que enfrente forte onda de calor, devido ao El Niño e as constantes ações de degradação do homem contra o meio ambiente, além dos inúmeros foco de incêndio pela região.

Foto. Otoni Mesquita.
Esta área pertence a AP UFAM, pelo decreto nº 1503 de 27/03/2012, e abrange 759,15 ha e é formada pelos fragmentos florestais do INPA, UFAM, ULBRA, Parque Lagoa do Japiim e área verde do Conjunto Acariquara. Uma área protegida por lei, que deveria seguir todos os exemplos de preservação da cobertura vegetal existente, o decreto descreve que esta área desempenha um papel fundamental na melhoria da qualidade ambiental do seu entorno, e sobretudo, estas áreas servem de abrigo para diversas espécies da fauna e da flora locais..
Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário