Bikes podem se tornar fonte de dados sobre trânsito.

Lâmpada inteligente, com conexão Bluetooth, envia pedido de ajuda em caso de acidente e transmite informações sobre problemas nas ruas



É comum ver em algumas bicicletas que circulam pelas cidades brasileiras a placa “Respeite um carro a menos”. Num futuro bem próximo, talvez elas também tenham o aviso: “Respeite um sensor inteligente a mais”. Essa é a ideia por trás de um novo modelo de lâmpadas para bicicleta, que começa a ser testado neste mês. Trata-se do See Sense ICON, dispositivo que coleta e transmite dados durante as pedaladas, oferecendo um acervo valioso para os departamentos responsáveis pela segurança no trânsito.

O aparelho foi desenvolvido por uma equipe de ciclistas de Belfast, capital da Irlanda do Norte, e financiado por meio de uma campanha no Kick Starter (maior site de financiamento de projetos inovadores do mundo). A empresa já comercializa há alguns anos a See Sense, uma lâmpada inteligente capaz de modular a intensidade do brilho e a velocidade com que pisca a partir de dados como aceleração ou frenagem, inclinação da pista, presença de curvas e luminosidade ambiente. Dessa forma, a lâmpada pode se tornar mais forte (e, consequentemente, chamar mais a atenção dos motoristas) sempre que o ciclista passar por um cruzamento ou rotatória, por exemplo. A novidade é que agora essa tecnologia foi associada à conexão Bluetooth. Com isso, se alguém tentar roubar a bicicleta, o See Sense ICON avisa o usuário por meio de uma mensagem no smartphone. Se o ciclista sofrer um acidente, o dispositivo também emite um chamado – desta vez, para algum dos contatos do smartphone, pré-selecionado pelo usuário.

Mas a equipe do See Sense ICON quer ir além: sua meta é que o equipamento também ajude a tornar as cidades mais seguras para todo mundo. Como? Reunindo as informações coletadas pelas lâmpadas em um grande banco de dados e, a partir dele, identificar problemas e propor soluções. Esse processo permitirá, por exemplo, avisar os ciclistas sobre rotas perigosas. Assim como alertar a administração pública sobre a existência de buracos numa rua e indicar pontos onde é necessário incrementar a infraestrutura (instalando placas ou semáforos) – medidas, aliás, que beneficiariam não só ciclistas, mas também pedestres e motoristas. Para avaliar a eficácia da ideia, a empresa buscou entre seus apoiadores no Kickstarter 500 ciclistas dispostos a formar um grupo de teste. Eles participarão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Queen’s University, que deve ser divulgado na conferência Velo-City Global, a ser realizada em fevereiro de 2016 em Taiwan.

É possível fazer uma pré-encomenda no site da See Sense – a lâmpada traseira sai por 64,99 libras esterlinas (cerca de R$ 264) e o kit com duas lâmpadas, frontal e traseira, custa 119,99 libras (cerca de R$ 487). A previsão é que o produto esteja disponível para entrega a partir de dezembro.

Fonte: Época Negócios
Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário