Equipe do Amazonas fica entre os 10 melhores em competição sobre barcos movidos à energia solar.


No último domingo (15/11) terminou uma das maiores competições nacionais sobre o desafio que estimula o desenvolvimento de tecnologias para fontes limpas de energias alternativas, com foco aplicado às embarcações de serviço, recreio e transporte de passageiro, que aconteceu em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio. 

A equipe amazonense ‘Leviatã UEA’ ficou em 9º colocação e foi destaque na competição ganhando outros prêmios, como melhor vídeo divulgação, melhor painel sobre o projeto e melhor equipe. 

A equipe foi formada por estudantes de engenharia da Escola Superior de Tecnologia da UEA, que desenvolveu um barco elétrico movido à energia solar, que contribui para a formação técnica e social de um projeto que fomenta energias renováveis de fontes limpas. 

O Desafio Solar Brasil 2015, é inspirado na “Frisian Solar Challenge”, competição realizada a cada dois anos na Holanda, que se constitui como um dos principais eventos da Europa para embarcações movidos à energia solar. Nesse desafio os participantes percorrem 220 quilômetros de canais, de 11 cidades da região de Frísia, no norte do país. 

A competição estimulou diversas instituições e universidade na América Latina, e a equipe “Solar Brasil”, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, venceu a competição deste ano, deixando a equipe “Babitonga”, da Universidade Federal de Santa Catarina, em segundo e a “Mangue”, da UFRJ também, em terceira colocação. Ao todo foram 300 universitários de quatro estados brasileiros que participaram, a competição contou com oito provas e circuitos de 12 quilômetros. Para conferir a lista completa dos classificados você confere no site do evento. 

O Desafio Solar Brasil é uma realização do NIDES – Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social / UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, em conjunto com o Lafae – Laboratório de Fontes Alternativas de Energia da UFRJ e a engenharia mecânica da UFRJ/Macaé. 

Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário