Pousada amazonense ganha prêmio internacional de sustentabilidade.

O empreendimento Uacari foi eleito "Best for Poverty Reduction" na premiação da WTM.


Um estabelecimento brasileiro foi premiado na edição 2015 do World Responsible Tourism Awards, concedido pela World Travel Market (WTM). O evento aconteceu durante uma das mais importantes feiras do setor turístico, em Londres, na Inglaterra. A pousada flutuante Uacari, localizada no Amazonas, ganhou o prêmio na categoria "Best for Poverty Reduction".

Luciana Cobra, responsável pela gestão operacional, representou o empreendimento na premiação. Segundo ela, ganhar um prêmio mundial de turismo responsável ajuda a inspirar outras iniciativas brasileiras e fortalecer a crença de que um turismo responsável é possível.

“Não há outro caminho que não seja a sustentabilidade, que não seja a procura pela utilização equilibrada dos recursos de forma que todas as gerações que nos sucedam possam desfrutar de um mundo bom de se viver. Muitos turistas já têm essa consciência, e a tendência é que esta forma de pensar tenha cada vez mais adesão. Quando um turista escolhe entre duas ou mais experiências é provável que ele considere aquela que tem a responsabilidade socioambiental como parte de seus valores e ações”, explica ela.

Defensor da propagação do turismo sustentável no Brasil, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinícius Lummertz, participou recentemente de uma audiência pública na Câmara dos Deputados, e reforçou a importância da abertura do País para novos investimentos que aumentem a importância deste segmento, com tanto potencial.

“Esse prêmio mostra como o turismo sustentável pode transformar a economia de todo o Brasil. O turismo de natureza tem uma capacidade enorme de gerar emprego e renda nos destinos, proporcionando à comunidade local ganhos de até 65% do custo total da viagem, enquanto o impacto gerado pelo Turismo convencional é de 20%”, destacou Lummertz.

Pousada Uacari - Criada em 1998, a Pousada Uacari é administrada por meio de gestão compartilhada entre o Instituto Mamirauá e as comunidades da Reserva Mamirauá. O empreendimento visa gerar renda para moradores locais e contribuir para a conservação dos recursos naturais. Dez comunidades da Reserva Mamirauá, no Amazonas, gerenciam funcionários, prestadores de serviços e vendedores de produtos.

A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá é uma unidade de conservação estadual com uma extensão de 1.124.000 hectares, situada entre os rios Solimões, Japurá e Auati-Paraná, sendo a maior área de mata de várzea protegida do mundo. Apenas 4% da Amazônia brasileira é área de várzea e a Reserva Mamirauá possui um papel-chave na proteção desse ecossistema.

World Responsible Tourism Awards – Essa foi a 12ª edição do prêmio de turismo responsável da WTM, que contou com 13 categorias. No ano passado, com a candidatura apoiada pela Embratur, Bonito (MS) recebeu o prêmio de melhor destino de turismo responsável do mundo. A cidade foi escolhida pelo desenvolvimento de um sistema de controle do número de turistas que visitam as belezas naturais da região. O controle é feito por meio de um voucher digital que registra o nome do turista e as atrações que ele pretende visitar.

Saiba quem foram os demais ganhadores da edição de 2015: clique aqui

Fonte: Embratur
Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário