Ruínas contam a história de imigrantes que chegavam em Manaus.


A antiga Hospedaria dos Imigrantes, construída na Vila de Paricatuba em Iranduba, a 25 quilômetros de Manaus, foi construída para abrigar os imigrantes que chegavam na capital da floresta Amazônica. O lugar abrigava principalmente centenas de imigrantes italianos que chegavam na cidade, através de embarcações que saíam da Inglaterra e Portugal, com rota direta para Manaus, mas que também faziam escala em Belém.

O gigantesco prédio abandonado, deveria ter recebido investimentos em 2014, junto com a Secretaria de Cultural do Amazonas, que promoveria a revitalização do local, mas a sua reabilitação ainda não está definida, alguns moradores apresentaram propostas para que o prédio fosse reabilitado para receber uma proposta de uso de teatro, atraindo mais turistas para a área que possui além das ruínas, paisagens naturais como extensas praias naturais, floresta e cachoeira como atrativo turístico.

Os italianos tiveram uma grande participação no desenvolvimento social, cultural e econômico de Manaus, entre o final do século XIX e início do século XX.

Em 2014 os italianos estiveram novamente na rota de destino para Manaus, mas desta vez para a abertura dos jogos da copa, com uma partida contra a Inglaterra que ocorreu no dia 14 de junho. Centenas de italianos comparecem, assim como ingleses, suíços e americanos estavam todos unidos novamente com o povo amazonense, para aproveitar ao máximo a diversidade existente na cidade, e com isso precisamos valorizar todo o nosso acervo patrimonial existem, construídos principalmente por estes imigrantes, no final de 1800.
...
Acreditamos que o Estado, e a prefeitura consigam realizar obras de melhorias e valorização do nosso patrimônio, para mostrar a todos, no mundo, que ainda conseguimos manter viva essa memória, mesmo com dificuldades de reconhecer essa valorização.

Paricatuba precisa ser transformada em área de reserva florestal, preservando as diversidades naturais ainda existentes, antes da conclusão das obras da Cidade Universitária, que pode causar um grandioso impacto social e ambiental, comprometendo a integridade e a valorização desse acervo histórico.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Keyce Jhones

    Comentar com o Blogger
    Comentar com o Facebook

1 comentários: